Autocuidado na quarentena: 6 hábitos para ficar bem no isolamento

PreparaTODOS - 09 Abril, 2021

PreparaTodos

Autocuidado na quarentena: 6 hábitos para ficar bem no isolamento

O poder do autocuidado impacta diretamente sua saúde mental e física, uma rotina que afetará consideravelmente sua qualidade de vida no distanciamento social.

O poder do autocuidado impacta diretamente sua saúde mental e física, uma rotina que afetará consideravelmente sua qualidade de vida no distanciamento social.

Se fossemos descrever resumidamente “o que é autocuidado”, poderíamos defini-lo como: o grau de importância que você dá a si mesmo. 

Com o avanço da pandemia de COVID-19 em todo o mundo ao longo dos últimos meses. Muito se diz sobre maneiras de buscar o aumento da produtividade, porém quais são as formas de termos um dia a dia melhor para nós mesmos nesse período tão difícil? 

Ter uma rotina de autocuidado onde se possa dedicar um tempo para si, é essencial para conseguir passar por todo esse processo de incertezas e assim deixar em ordem nossa saúde mental e física.

Autocuidado: como ficar bem mesmo na pandemia?

Um estudo desenvolvido por pesquisadores canadenses mostrou que o surto do novo coronavírus aumentou em 16% o nível de ansiedade da população mundial e em 22% a incidência de depressão.

O momento incerto fez o número já elevado de indivíduos com esses transtornos se intensificar, causado em grande parcela pela cobrança excessiva, insegurança e medo de contágio pela doença.

Pequenos hábitos o ajudarão no seu processo de desenvolvimento pessoal ao impactar diretamente sua autoestima e qualidade de vida.

6 hábitos fundamentais para ficar bem na quarentena:

Ah! Fique tranquilo, nesta lista você verá hábitos extremamente possíveis de serem inseridos no seu dia e que são viáveis de se iniciar ainda hoje como suas atividades de autocuidado em tempos de pandemia:

  • Deixe de lado o excesso de informações

É fato que vivemos em um momento de grandes dúvidas sejam elas econômicas, políticas ou humanitárias e a cada dia novos acontecimentos surgem, mas consumir isso com frequência só agrava seus níveis de ansiedade e estresse.

Há um termo que designa o consumo excessivo de informações das quais acabamos por não dar conta de assimilar. Conhecido como infoxicação.

Separe um tempo para ver o que está acontecendo ao redor do mundo e se atualizar sobre tudo. Depois, delimite uma duração para o uso das redes sociais, que apesar de serem o espaço para nos conectarmos com amigos e familiares, atuam também como ambiente de comparação e frustração em que mais frequentamos diariamente. 

 

  • Faça exercícios

Logo quando falamos de exercícios físicos já vem em nossa mente, toda aquela lista de atividades que dificilmente cumprimos, mas nesse caso separamos dinâmicas para você fazer dentro de sua própria casa, sem pressão. Para aliviar os níveis de estresse e amenizar a angústia, além de manter sua saúde física em dia: 

Joelho no cotovelo

Coloque o joelho no cotovelo oposto, alternando os lados. Faça em seu próprio ritmo. Tente repetir este movimento de 1 a 2 minutos e descanse por 60 segundos. Faça isso por 5 vezes no máximo. Você sentirá seu coração bater mais rápido e ficará um pouco ofegante. 

Prancha

Posicione seus antebraços no chão e os cotovelos na altura dos seus ombros. Mantenha os quadris alinhados ao topo da cabeça. Fique nesta posição estável de 20 a 30 segundos (ou mais tempo, se puder). Pause por 60 segundos e faça a repetição em até 5 vezes. Esse estímulo aumentará a força das suas pernas e do seu abdômen. 

Extensão das costas

Toque as orelhas com a ponta dos dedos, levante o tronco. Em seguida, abaixe seu tronco. Faça de 10 a 15 movimentos como esse e depois repouse por 60 segundos, com 5 séries de repetições. Esta é uma forma de fortalecer suas costas.

  •  Autocuidado na quarentena: reveja sua alimentação

Com a escassez de tempo devido ao isolamento social, fica cada vez mais difícil conseguirmos ter uma alimentação balanceada. 

A dica é evitar o excesso em café, massas, açúcar, álcool e comidas ultraprocessadas (refrigerantes, pão de forma, macarrão instantâneo…), pois estes alimentos são pobres em nutrientes e contribuem para a obesidade. Dê preferência para frutas, legumes e comidas que não tenham quantidades excessivas de conservantes.

  • Cuide da sua aparência

Autocuidado e autoestima estão estritamente ligados. Por conta de ficarmos mais tempo em casa acabamos por deixar nossa aparência de lado e até trabalhar de pijama, se o caso é de estar no home office, não é?

Entretanto, é importante manter seus hábitos de higiene pessoal, vestir uma roupa que te deixe confortável, mas não seja um pijama, faça os famosos skincares e reserve um tempo para cuidar do seu rosto e da sua pele, corte suas unhas e tome banho pelo menos uma vez ao dia, esses pequenos costumes irão impactar diretamente sua autoestima no isolamento.

  • Preserve a qualidade do seu sono

Uma alimentação ruim e excesso nas mídias sociais nos fazem dormir muito depois do ideal e ao acordar não parece sequer que dormimos.

Existem algumas formas de conseguir deitar na cama um pouco mais cedo:

 - Desligar-se do celular e de outras tecnologias como TV e computador (aceleram a ansiedade e por conta de sua luz branca nos tiram o sono);

 - Ler um livro;

 - Tomar chá;

 - Deixar o ambiente com as luzes apagadas (para que o organismo entenda como o período de descanso);

 - Evitar comidas muito pesadas antes de ir dormir (alimentos muito gordurosos, lanches e massas em geral).

  • Reserve um tempo para você mesmo

É claro que ser produtivo no teletrabalho e no lado acadêmico é essencial, mas você precisa de um tempo para si mesmo. Reserve um instante para fazer aquelas atividades que gosta ou está esperando há um longo período para começar, por exemplo:

 - Maratonar aquela lista de filmes/séries no seu serviço de streaming favorito;

 - Fazer algum curso em uma área que seja do seu interesse;

 - Ler;

 - Se você gosta de jogos, separe um tempo para os seus videogames.

A única certeza que temos nesse momento é da incerteza. Com o cenário atual da pandemia de COVID-19 o melhor caminho para passarmos bem por tudo isso é cuidar de nossa saúde física e mental. Afinal, nosso corpo é nosso lar! Insira esses hábitos gradualmente em sua rotina, sem cobrança, para que a longo prazo o retorno seja positivo para você mesmo.

Gostou desse conteúdo? Confira muito mais em nosso blog.

Tópicos: cursos profissionalizantes, Prepara TODOS


Posts recentes

Prêmio Reclame AQUI: PreparaTODOS é indicada pela primeira vez!

read more

Olimpíadas: O maior evento esportivo do planeta começa nesta sexta (23)

read more

Exaustão mental: o que é e como reconhecer os sinais

read more